Educação compartilhada – não basta ser avô tem que participar!!!

                                                                                        Por: J. Ivo Brasil

Maior do que a alegria de ser pai é a alegria de ser avô (pelo menos em minha opinião e condição).

Nessa fase ser babão é pouco e muitas vezes, mesmo sem querer querendo, acabamos por interferir, um pouco, na questão da educação dos pequenos (tem muita gente que diz que os avôs e as avós só servem para mimar os netos, no que discordo completamente……..ou quase).

O fato é que:

Fica quase impossível não se meter.

Fica quase impossível não comparar.

Fica quase impossível não querer compartilhar essa educação (pelo menos para quem tem interesse).

Mas como eu disse, quase (pois é preciso segurar a “onda”) sou avô e não o pai, ou mãe, da criança. O que resta então é observar e se for interferir, procurar ser o mais discreto e imparcial possível.

Numa dessas “observações”, recentemente, notei uma leve “quebra de braço” entre minha filha e meu neto com relação a um brinquedo, ele queria quebrar, ela não queria deixar….(por dentro fiquei pensando, o brinquedo é dele ou é dela?!……deixa ele quebrar essa.@#%$&*!!) É lógico que não interferi , como gostaria (aqui entra o “quase”) deixei a coisa rolar, ele chorou, fez birra e por fim acabou nos meus braços (coisas do destino…..e juro que não interferi na relação dos dois)…..mas o fato é que fiquei pensando na cena e resolvi pesquisar sobre o assunto. Fui para a “net” (afinal de contas em pleno século XXI, era da informação, só é ignorante quem quer) e achei um artigo bem interessante sobre o assunto. Mas como passar a informação sem passar a impressão de invasão?!

Depois de queimar os cabelos (que não tenho) veio a ideia de imprimir o material, colocar dentro de um envelope e endereçar aos pais em nome do meu neto (De:……………. Para: Papai e Mamãe).

Quando eles chegaram peguei o envelope e de forma bem humorada anunciei que “nossa” criança tinha aprendido a escrever e que a primeira cartinha era endereçada a eles (pais)…..eles riram e prometeram ler…….algumas horas depois perguntei se leram e minha filha respondeu: “é pai agora a gente não pode mais prometer as coisas e não cumprir (nesse caso sei que ela estava se referindo ao fato de “ameaçar” tirar determinado brinquedo e não tirar na realidade). Rimos do assunto e fiquei muito feliz em saber que o caminho encontrado para tratar de um assunto que me incomodou e que, possivelmente, poderia prejudicar meu neto, foi resolvido de forma leve e até com um toque de bom humor (ele tem dois anos, é inteligente, fala tudo, não passa aperto pois quando quer algo já pede, mas ainda é uma criança em formação e todos nós queremos, sempre, o melhor pra ele e isso implica em ter “responsabilidades”, implica em saber observar, implica em ajudar na educação, sem jamais tirar o espaço dos verdadeiros pais…….é difícil…….mas é extremamente prazeroso poder acompanhar esse crescimento…..)

Vamos ver qual será a próxima cartinha dele para os pais (rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs)!

Para quem interessar possa, segue o link do artigo que mencionei nesta “conversa informal”:

Quebrando os brinquedos (Bruno Rodrigues).

Fonte: http://guiadobebe.uol.com.br/quebrando-os-brinquedos/)

Acesso: 22/10/12

Imagem: Willow tree – ‘Grandfather’ by Susan Lordi

Fonte: http://www.murraysgifts.co.uk/buy/willow-tree-grandfather_207.htm

Acesso: 25/10/12

Anúncios

Sobre BLOG CIRCUITO BRASIL

Jornalista, Gestor de Eventos, Palestrante, Artesão Aderecista, Educador e Carnavalesco

Publicado em 25/10/2012, em Educação, Notícias e política e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: