Cadete “novo” carnavalesco da Leandro!

 “A escola foi fundada por negros, então queremos preservar a tradição do carnaval com esse tema. A palavra-chave é resistência negra, desde a escravidão até hoje”, disse o carnavalesco Rodrigo Cadete.

Este discurso do Carnavalesco em 2013, quando conseguiu levar a escola Leandro de Itaquera para o Grupo Especial (nesse ano a escola ficou em segundo lugar com 269,2 pontos) parece bem atual.

Mas não é bem assim. O fato é que muitas águas rolaram desde sua saída: outro carnavalesco entrou em seu lugar, a escola perdeu o lugar entre as “tops”, voltou para o grupo de acesso e eis que agora, em 2015, visando o carnaval de 2016, o “filho pródigo” retorna.

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Retorna para defender o enredo: Mulheres Guerreiras. Rainhas de todos nós! Êh Baiana, com sua benção a Leandro conta sua história e celebra o centenário do Samba. 

E nós fomos lá “dá uma rapidinha” com o moço pra saber das novidades.

BCB – O que te motivou a voltar pra Leandro de Itaquera?

RC – Na Leandro fiz amigos e sai pela porta da frente e com isso construí pela escola uma grande afetividade. Até recebi proposta de outra escola do grupo, mas, o carinho pela comunidade de Itaquera falou mais alto.

BCB – Quais suas expectativas com relação a esse novo trabalho?

RC – Os melhores possíveis! Jamais entro num jogo pra marcar tabela. A expectativa é retornar ao grupo especial

BCB – Os desafios com relação ao novo enredo. Quais deles devem ser superados?

RC – Quanto ao enredo nenhum. O enredo é a cara da escola, tem total aceitação e apoio da comunidade e isso se faz muito importante.

BCB – O que está faltando no carnaval em geral, principalmente com relação ao grupo de acesso. Quais as maiores dificuldades encontradas hoje?

RC – As dificuldades no carnaval de São Paulo, de modo geral, é a estrutura oferecida. É exigido um grande espetáculo, mas, não é dada a estrutura devida.  Isso no acesso agrava até porque está cada vez mais competitivo, com grandes agremiações brigando pelo mesmo espaço.

BCB – Cadete por Cadete

RC – Aquele que mesmo com todas as dificuldades e transformações do carnaval ainda acredita na sua real essência e que continua na luta dessas tradições

Essa foi uma “rapidinha” bem comportada, entretanto, cá com meus “botões” fico a conjecturar mentalmente.

 1 – Tem gente que ainda pensa que ele não saiu pela porta da frente (azar de quem pensa assim, o fato é que ele voltou).

2 – É lógico que a expectativa é voltar para o Grupo Especial, afinal de contas quando ele “saiu” da escola ela estava lá, ou seja, ele deixou, ela lá.

3 – Desafios quanto ao enredo, é provável que não, mas… passarinho que come pedra…..

4 – Na boa, as dificuldades com relação ao Carnaval só têm aumentado… mesmo porque tem muita gente “graúda” torcendo, há anos, que ele acabe logo (….eu quero é botar meu bloco na rua….)

5 – Eu, por enquanto, também continuo acreditando nisso (os Dom Quixotes da folia).

Anúncios

Sobre BLOG CIRCUITO BRASIL

Jornalista, Gestor de Eventos, Presidente da OSC Itaquerendo Folia, Carnavalesco, Perito em Análise de Projetos Culturais (Parecerista).

Publicado em 15/05/2015, em CARNAVAL, Notícias e política e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: