Arquivo mensal: junho 2018

SÃO PAULO LANÇA SELO MUNICIPAL DE DIREITOS HUMANOS E DIVERSIDADE

SELO MUNICIPAL DOS DIREITOS HUMANOS

O Selo de Direitos Humanos e Diversidade, instituído pelo Decreto nº 58.180, de 05 de abril de 2018, é uma política de reconhecimento de boas práticas de promoção dos direitos humanos e valorização da diversidade, implementadas por organizações públicas e privadas que atuem na cidade de São Paulo.

Dessa forma, o objetivo do Selo é incentivar e valorizar iniciativas de promo­ção da diversidade e inclusão no mercado de trabalho, por meio de dois eixos centrais: o do reconhecimento e da difusão de práticas inovadoras e a formação de uma rede de organizações premiadas.

“A cidade de São Paulo é uma das maiores cidades da América Latina, um grande centro econômico e cultural que é considerado um berço de oportunidades para aqueles que desejam sua ascensão social e melhor qualidade de vida. Contudo, as estatísticas demonstram que essas oportunidades não são aproveitadas de maneira igualitária (…)” Perfil Social, Racial e de Gênero dos 200 Principais Fornecedores da Prefeitura de São Paulo

CARTEGORIAS

CRIANÇAS E ADOLESCENTES – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos da infância e adolescência. Projetos relacionados ao exercício da cidadania e ao combate à violência e exploração das crianças e adolescentes.

IDOSOS – Iniciativas voltadas à valorização e à garantia de direitos das pessoas idosas. Projetos relacionados ao exercício da cidadania e à inclusão das pessoas acima de 60 anos.

IGUALDADE RACIAL – Iniciativas voltadas ao combate da desigualdade étnica-racial. Projetos relacionados ao exercício da cidadania e à garantia de direitos da população negra e dos povos indígenas.

IMIGRANTES – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das pessoas que se transferem de seu lugar de residência habitual em outro país para o Brasil, independentemente da situação imigratória e documental.

JUVENTUDE – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das juventudes. Projetos relacionados à inclusão e ao exercício de cidadania de jovens

LGBTI – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos da população LGBTI. Projetos relacionados à inclusão e ao combate à discriminação por orientação sexual e identidade de gênero.

MULHERES – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das mulheres. Projetos voltados à inclusão e à promoção da equidade de gênero

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das pessoas com deficiência. Projetos relacionados ao exercício de cidadania e à inclusão de pessoas com deficiência – seja ela física, intelectual, auditiva, visual ou múltipla.

PESSOAS EM SITUAÇÃO DE RUA – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das pessoas em situação de rua, tanto quem usa espaços públicos como moradia, quanto quem está inserido na rede socioassistencial de acolhimento.

PESSOAS PRIVADAS DE LIBERDADE E EGRESSAS – Iniciativas voltadas à defesa e à promoção dos direitos das pessoas privadas de liberdade e egressas do sistema prisional. Projetos relacionados à inclusão e ao exercício de cidadania e à ressocialização.

FIQUE POR DENTRO

GUIA E INSCRIÇÃO   http://selodireitoshumanos.com.br/

Anúncios

CARNAVAL PAULISTANO – SKAF ASSINA CONVÊNIO PARA FORMAR MÃO DE OBRA

Programa Comunitário de Formação Profissional – Parceria entre a FIESP, CIESP, SESI-SP, SENAI-SP, IRS (Instituto Roberto Simonse) e SEBRAE-SP e a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo prevê desenvolvimento de soluções tecnológicas e inovação nos processos de produção para formação de mão de obra para o carnaval paulistano.

imageViewer

05/06/2018
Agência Indusnet Fiesp

O Senai-SP assinou nesta terça-feira (5 de junho) convênio do Programa Comunitário de Formação Profissional com a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo. A parceria foi firmada na Fábrica do Samba 1, na Barra Funda, em solenidade com a participação de Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Senai-SP, de representantes das 34 escolas de samba da Capital e de 15 escolas de samba do interior do Estado, integrantes das escolas e representantes da Liga e do Senai-SP. O acordo proporcionará oportunidade de formalização da mão de obra para trabalhadores das escolas de samba filiadas à Liga, promoverá o empreendedorismo e geração de renda entre os profissionais do setor, além da profissionalização do Carnaval paulista, por meio do desenvolvimento de soluções tecnológicas e inovação nos processos de produção.

Skaf destacou o crescimento do Carnaval paulista, graças ao trabalho das escolas de samba, e elogiou a iniciativa de agregar tecnologia aos desfiles graças à capacitação que será feita pelo Senai-SP. Para ele, o acordo será fundamental para que as comunidades ligadas ao carnaval paulista tenham mais acesso à educação e oportunidades de se profissionalizar. “Os cursos do Senai-SP são reconhecidos pelo mercado de trabalho por sua qualidade na formação e essa parceria traz novas possibilidades para os que trabalham para produzir essa festa tão bonita que é o carnaval. A educação profissional proporcionará mais geração de emprego e renda para essa população”, afirma.

O convênio prevê a oferta dos cursos de Formação Inicial e Continuada da área do Vestuário, tais como Costureiro de Máquina Reta e Overloque, Modelista de Roupas e Cortador de Confecção Industrial. Oportunamente, também será oferecida capacitação na área de Soldagem. Por isso, na ocasião da assinatura, foi exposta a Escola Móvel de Soldagem do Senai-SP.

As Escolas Móveis do Senai-SP são laboratórios tecnológicos sobre rodas nas as quais são realizadas programações de formação inicial e continuada, de curta duração, destinadas a atender às necessidades imediatas e específicas de formação de mão de obra para empresas industriais e outros clientes.

Por suas características — ambientes de ensino sobre rodas (laboratórios e salas de aula), as escolas têm flexibilidade para atingir localidades de todo o Estado, atendendo, dessa forma, regiões que não possuem unidades fixas do Senai-SP. Equipada com sala para aulas de tecnologia dos processos de soldagem e laboratório, com fontes de energia sinérgica e multiprocesso.

%d blogueiros gostam disto: