Arquivo da categoria: CARNAVAL

UESP divulga notas e justificativas 2017

uesp2017

A UESP acaba de disponibilizar as justificativas de todas as notas dos quesitos avaliados no Carnaval 2017. Confira.

Justificativas Grupo1
Justificativas Grupo2
Justificativas Grupo3
Justificativas Grupo4
Justificativas Blocos Especiais

Fonte: UESP: http://uesp.com.br/acesse-as-justificativas-das-notas/

 

Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP e Show do Trio Los Angeles agitam a folia de rua.

Oficialmente o carnaval acabou, mas ainda tem muito bloco se despedindo da folia de rua neste domingo,05/03.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, entre os dias 3 e 5 de março, o Carnaval de Rua de São Paulo contará com 82 blocos desfilando em diversas regiões da cidade, é o que chamamos de pós-carnaval.

E por falar em folia, para todos os gostos e públicos, vale lembrar a segunda edição do Bloco Itaquerendo Folia, na região de Itaquera, zona leste de São Paulo, que aconteceu no dia 28/02, com a presença de muitas crianças, famílias, membros da terceira idade…

Na ocasião foi empossada a Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP  – Itaquerendo Folia 2017 (composto por Rei e Rainha da Folia).

itaquerendo_folia_30

Mauro Francisco, 65 anos, e Vera Lucia, 64 anos, casados, moradores da região de Itaquera, estão no mundo da folia (carnaval) há mais de 40 anos e são, hoje, vermelho e branco de coração (Escola de Samba Leandro de Itaquera) e J. Ivo Brasil (Coordenador Geral do Bloco Itaquerendo Folia e mentor da Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP – Itaquerendo Folia 2017 (composto por Rei e Rainha da Folia)

Quem também veio animar a festar e dar muitos autógrafos aos antigos e novos fás foi o Trio Los Angeles, que contagiou a todos com sua energia e simpatia.

ITAQUERENDO_FOLIA_016.jpg

Outra atração (acabou sendo), foi o serviço prestado pela BARONG, através de seu ambulatório móvel, que ofereceu gratuitamente a realização de testes de Hepatite B e C, além de HIV.

ITAQUERENDO_FOLIA_BARONG_01.JPG

Uma pena que a chuva atrapalhou a continuidade da festa, pois o show do DueRoma não aconteceu, entretanto tudo correu de forma satisfatória e ano que vem tem muito mais.

Veja a galeria

Justificativas LIGA/SP 2017 – Carnaval SP

Agora que a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo já disponibilizou as justificativas das notas dadas pelos jurados às escolas de samba do Grupo Especial e Grupo de Acesso é hora de todo mundo parar, analisar, comemorar os possíveis acertos, aprender com os erros e começar os preparativos para 2018.

 Fique por dentro das justificativas

Acesse o link da LIGA/SP: http://www.ligasp.com.br/liga/?p=8066

E para relembrar, veja a colocação das escolas.

Grupo Especial:

1º –  Acadêmicos do Tatuapé
2º – Dragões da Real
3º – Vai-Vai
4º – Império de Casa Verde
5º – Rosas de Ouro
6º – Mocidade Alegre
7º – Unidos de Vila Maria
8º – Acadêmicos do Tucuruvi
9º – Gaviões da Fiel
10º – Mancha Verde
11º – Unidos do Peruche
12º – Tom Maior
13º – Águia de Ouro (cai para grupo de acesso)
14º – Nenê de Vila Matilde (cai para grupo de acesso)

Grupo de Acesso:

1º – X-9 Paulistana (sobe para grupo especial)
2º – Independente Tricolor (sobe para grupo especial)
3º – Colorado do Brás
4º – Camisa Verde e Branco
5º – Leandro de Itaquera
6º – Pérola Negra
7º – Imperador do Ipiranga
8º – Estrela do 3º Milênio (cai para grupo I da UESP)

 

 

Itaquerendo tem Rei e Rainha da Folia da Terceira Idade!

O Carnaval de Rua de São Paulo tem crescido, atraindo públicos diversos, e com características próprias.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação (Secretaria Municipal de Cultura), a folia começou, oficialmente, no dia 17 de fevereiro e vai até 5 de março em várias regiões da cidade. Serão 391 blocos em 2017 (28% a mais que em 2016).

Dentre esses blocos está o Itaquerendo Folia, da zona leste – Itaquera, que desfila pelo segundo ano na terça-feira de carnaval (28/02) prestando homenagem aos 35 anos de carreira do Trio Los Angeles e que, segundo seu Coordenador, o jornalista e carnavalesco J. Ivo Brasil, a partir desse ano a folia passa a ser também dos membros da terceira idade.

‘Em São Paulo, de acordo com informações do Fundo Estadual do Idoso, a população idosa, em 2014, já representava 12,9% de todos os habitantes do Estado (SP). E esse novo perfil populacional pede ações integradas para garantir o envelhecimento ativo do idoso e fortalecer sua importância na sociedade (ainda de acordo com o Fundo), justifica o coordenador.

Portanto, pensando em fortalecer a importância desse público para a sociedade, é que foi tomada a decisão de escolher um Rei e uma Rainha da Folia da Terceira Idade para o Bloco Itaquerendo Folia.

vera_mauro

Mauro Francisco, 65 anos, e Vera Lucia, 64 anos, casados, moradores da região de Itaquera, estão no mundo da folia (carnaval) há mais de 40 anos e são, hoje, vermelho e branco de coração (Escola de Samba Leandro de Itaquera).

O casal terá seu reinado sacramentado no dia do cortejo do bloco (28/02), onde receberão suas faixas e vão cair na folia, como no ano anterior.

flyer itaquerendo.jpg

UESP entregou troféus 2016 e sorteou ordem de desfile 2017

ACONTECEU – A noite de sexta, 03/06/2016, foi uma noite bem esperada por todas as escolas filiadas à União Uesp e a mesma não deixou por menos, fez uma festa muito bonita para recepcionar todos os convidados que estiveram presentes no Anhembi para a entrega dos troféus das escolas campeãs, Carnaval 2016 e o sorteio da ordem do desfile, Carnaval 2017.

Durante o evento também foi entregue o Troféu Universo Carnaval, em sua primeira edição, nas categorias, Enredo e Samba Enredo, que eu J Ivo Brasil junto com  Larissa Della Monica tivemos a honra de apresentar. Obrigado União das Escolas de Samba Paulistana – UESP, presidente Kaxitu Ricardo Campos e TODA SUA EQUIPE que souberam conduzir muito bem a festa.

Parabéns TODAS AS ESCOLAS presentes. Parabéns Universo Carnaval – Caique Salinas, pela iniciativa do Troféu Universo Carnaval. Parabéns à galera da imprensa especializada no segmento que se fizeram presentes….enfim a noite foi excelente….Obrigado à todos pela acolhida, consideração, respeito, confiança……..e que muitos outros bons eventos venham pela frente!

Além da boa recepção, boa comida…teve também a oportunidade de ver os amigos…e fazer novas amizades.

Sobre a UESP.

Fundada em 10 de setembro de 1973 com o objetivo de unir as escolas de samba e blocos carnavalescos da cidade de São Paulo e representá-los junto ao poder público, a UESP é membro do Conselho Municipal de Cultura e filiada à Confederação Brasileira de Escolas de Samba, presidida por Kaxitu Ricardo Campos, a entidade é responsável pelos desfiles oficiais das escolas de samba paulistanas no Sambódromo do Anhembi, Butantan, Vila Esperança e Parque da Luz, levando a cultura popular do carnaval para milhares de pessoas com acesso gratuito.

PROGRAMA UESP EM DEBATE

Eis que surge um novo espaço para falarmos daquilo que gostamos, nossa paixão: CARNAVAL…..participe, opine, surgira pauta….o espaço também é seu!

Apresentação: Caique Salinas. Comentaristas: Ricardo Fervorini, Rafael Falanga, Mestre Gabi, Mestre Koruja e J. Ivo Brasil

Carnaval de São Paulo – UESP e LIGA com dias de desfiles definidos

Ordem dos desfiles - LIGA - SP

Ordem dos desfiles – LIGA – SP

grupo1uesp2016-cdlicarnaval

grupo2uesp2016-cdlicarnaval

grupo3uesp2016-cdlicarnaval

grupo4uesp2016-cdlicarnaval

grupodeblocosespeciaisuesp2016-cdlicarnaval

Cadete “novo” carnavalesco da Leandro!

 “A escola foi fundada por negros, então queremos preservar a tradição do carnaval com esse tema. A palavra-chave é resistência negra, desde a escravidão até hoje”, disse o carnavalesco Rodrigo Cadete.

Este discurso do Carnavalesco em 2013, quando conseguiu levar a escola Leandro de Itaquera para o Grupo Especial (nesse ano a escola ficou em segundo lugar com 269,2 pontos) parece bem atual.

Mas não é bem assim. O fato é que muitas águas rolaram desde sua saída: outro carnavalesco entrou em seu lugar, a escola perdeu o lugar entre as “tops”, voltou para o grupo de acesso e eis que agora, em 2015, visando o carnaval de 2016, o “filho pródigo” retorna.

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Retorna para defender o enredo: Mulheres Guerreiras. Rainhas de todos nós! Êh Baiana, com sua benção a Leandro conta sua história e celebra o centenário do Samba. 

E nós fomos lá “dá uma rapidinha” com o moço pra saber das novidades.

BCB – O que te motivou a voltar pra Leandro de Itaquera?

RC – Na Leandro fiz amigos e sai pela porta da frente e com isso construí pela escola uma grande afetividade. Até recebi proposta de outra escola do grupo, mas, o carinho pela comunidade de Itaquera falou mais alto.

BCB – Quais suas expectativas com relação a esse novo trabalho?

RC – Os melhores possíveis! Jamais entro num jogo pra marcar tabela. A expectativa é retornar ao grupo especial

BCB – Os desafios com relação ao novo enredo. Quais deles devem ser superados?

RC – Quanto ao enredo nenhum. O enredo é a cara da escola, tem total aceitação e apoio da comunidade e isso se faz muito importante.

BCB – O que está faltando no carnaval em geral, principalmente com relação ao grupo de acesso. Quais as maiores dificuldades encontradas hoje?

RC – As dificuldades no carnaval de São Paulo, de modo geral, é a estrutura oferecida. É exigido um grande espetáculo, mas, não é dada a estrutura devida.  Isso no acesso agrava até porque está cada vez mais competitivo, com grandes agremiações brigando pelo mesmo espaço.

BCB – Cadete por Cadete

RC – Aquele que mesmo com todas as dificuldades e transformações do carnaval ainda acredita na sua real essência e que continua na luta dessas tradições

Essa foi uma “rapidinha” bem comportada, entretanto, cá com meus “botões” fico a conjecturar mentalmente.

 1 – Tem gente que ainda pensa que ele não saiu pela porta da frente (azar de quem pensa assim, o fato é que ele voltou).

2 – É lógico que a expectativa é voltar para o Grupo Especial, afinal de contas quando ele “saiu” da escola ela estava lá, ou seja, ele deixou, ela lá.

3 – Desafios quanto ao enredo, é provável que não, mas… passarinho que come pedra…..

4 – Na boa, as dificuldades com relação ao Carnaval só têm aumentado… mesmo porque tem muita gente “graúda” torcendo, há anos, que ele acabe logo (….eu quero é botar meu bloco na rua….)

5 – Eu, por enquanto, também continuo acreditando nisso (os Dom Quixotes da folia).

Carnaval do Brasil para o mundo. Nosso país conquista 2º lugar em festival internacional de Carnaval.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Ao longo de sua história, até o dia de hoje, Seychelles é tida como um caldeirão de povos dos quatro cantos da terra, o que têm resultado numa sociedade vibrante e rica culturalmente. Portanto, dentro deste contexto “multicultural”, diversidade e união dos povos, é mais que apropriado à realização do ‘Carnaval de Carnivals – The Carnival International de Victoria, festival anual que une os representantes dos melhores carnavais do mundo.

Assim foi a 5ª edição do Seychelles Carnaval Internacional de Victoria, realizado entre os dias 24 e 26 de abril, e o Brasil conquistou o 2° lugar entre 29 países que desfilaram durante o festival de 2015.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

“O Brasil é um país muito popular em Seychelles, principalmente pelo esporte. Cerca de 75% da população ama futebol desde os tempos do Pelé. Em relação ao carnaval, o Brasil é mundialmente conhecido como o mais animado. Quando estávamos planejando o carnaval em Seychelles pela primeira vez em 2011, foi acordado que o Brasil teria que participar todos os anos, pois assim conseguiríamos manter uma conexão entre os povos e os países. Espera-se que desta forma, os brasileiros conheçam mais o destino”, afirmou David Germain, diretor do Seychelles Tourism Board.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Leandro de Itaquera lança enredo 2016

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Mulheres guerreiras. Rainhas de todos nós! Êh Baiana, com sua benção a Leandro conta sua história e celebra o centenário do samba é mais um enredo afro a se apresentar na passarela do samba?

Eu diria que inicialmente sim, mas a proposta que vi ser anunciada, na quinta, 07/05/2015, foi além da ideia comum inerente aos enredos que bebem nessa seara, pois o mesmo passa por “transformações” durante seu desenvolvimento.

O enredo é pretencioso, bonito, cheio de nuances e que, com certeza, irá exigir muito trabalho e atenção de toda comunidade envolvida no desenvolvimento do mesmo, mas que no “frigir dos miolos” pode fazer a escola voltar ao grupo especial (como foi com o carnaval de 2013).

Falando em carnaval 2013, com o pé em 2016, quem volta à escola de samba, para assumir este novo desafio, é o Carnavalesco Rodrigo Cadete, responsável pelo desenvolvimento do enredo proposto por Fábio Flisch que afirma: “Este é meu primeiro enredo e fico muito feliz em ver que um grande profissional, como o Cadete, é o responsável pelo desenvolvimento geral dele, junto com o Thiago Morganti (autor do enredo) e Yuri Aguiar (desenhista da escola)”.

Fábio Flisch, Rodrigo Cadete, aocentro, e Graziela Pinheiros, Diretora de Marketing da Abyara e que assume o Departamento de Marketing da Leandro de Itaquera. Foto: Nelsinho Fernandes.

Fábio Flisch, Rodrigo Cadete, ao centro, e Graziela Pinheiros, Diretora de Marketing da Abyara e que agora assume o Departamento de Marketing da Leandro de Itaquera. Foto: Nelsinho Fernandes.

Além do enredo a escola aproveitou o ensejo e apresentou à comunidade seu novo intérprete, Vinicius Machado, que teve passagem pela Grande Rio e a coreógrafa Priscila Oliver.

Rodrigo Cadete, o presidente da escola Leandro Martins, de chapéu preto, Priscila Oliver, coreógrafa, Vinicius Machado, intérprete, Paulão, Dir. Harmonia, Gemilson e Davi, diretor da ala das Baianas. Foto: Nelsinho Fernandes

Rodrigo Cadete, o presidente da escola Leandro Martins, de chapéu preto, Priscila Oliver, coreógrafa, Vinicius Machado, intérprete, Paulão, Dir. Harmonia, Gemilson e Davi, diretor da ala das Baianas. Foto: Nelsinho Fernandes

Além da comunidade vermelho e branco quem marcou presença no local foi o subprefeito de Itaquera, Mauricio Luis Martins que além de prestigiar o evento foi reforçar seu empenho e parceria na obtenção do espaço para construção da nova quadra da escola (mas esse é um assunto que irá render uma matéria à parte).

Como eu disse anteriormente “a fila anda” e o negócio agora é superar obstáculos, esquecer o que foi perdido, como os carros queimados, correr atrás de soluções, acreditar e investir nas possibilidades. Acreditar e investir nas novas propostas e seguir adiante sempre.

Por falar em novas propostas, a escola aproveitou também o momento para apresentar, à comunidade presente, dois de seus desenhos que já estão em fase de confecção….como eu disse: “a fila anda!!”

Ala das Baianas. Foto: divulgação.

Ala das Baianas. Foto: divulgação.

Bateria. Foto: divulgação.

Bateria. Foto: divulgação.

%d blogueiros gostam disto: