Arquivos do Blog

Carnaval de Rua SP tem novo Decreto.

Foi publicado no Diário Oficial da Cidade de São Paulo, nesta sexta-feira, 06 de outubro de 2017 o DECRETO Nº 57.916, DE 5 DE OUTUBRO DE 2017 que disciplina o Carnaval de Rua da Cidade de São Paulo.

FIQUE POR DENTRO DO NOVO DECRETO – CARNAVAL DE RUA SP 2018

https://itaquerendofolia.wordpress.com/decreto-no-57-916-de-5102017/

 

ITAQUERENDO_FOLIA_016

Foto divulgação: Bloco Itaquerendo Folia/ Show Trio Los Angeles

Anúncios

Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP e Show do Trio Los Angeles agitam a folia de rua.

Oficialmente o carnaval acabou, mas ainda tem muito bloco se despedindo da folia de rua neste domingo,05/03.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, entre os dias 3 e 5 de março, o Carnaval de Rua de São Paulo contará com 82 blocos desfilando em diversas regiões da cidade, é o que chamamos de pós-carnaval.

E por falar em folia, para todos os gostos e públicos, vale lembrar a segunda edição do Bloco Itaquerendo Folia, na região de Itaquera, zona leste de São Paulo, que aconteceu no dia 28/02, com a presença de muitas crianças, famílias, membros da terceira idade…

Na ocasião foi empossada a Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP  – Itaquerendo Folia 2017 (composto por Rei e Rainha da Folia).

itaquerendo_folia_30

Mauro Francisco, 65 anos, e Vera Lucia, 64 anos, casados, moradores da região de Itaquera, estão no mundo da folia (carnaval) há mais de 40 anos e são, hoje, vermelho e branco de coração (Escola de Samba Leandro de Itaquera) e J. Ivo Brasil (Coordenador Geral do Bloco Itaquerendo Folia e mentor da Corte da Terceira Idade do Carnaval de Rua SP – Itaquerendo Folia 2017 (composto por Rei e Rainha da Folia)

Quem também veio animar a festar e dar muitos autógrafos aos antigos e novos fás foi o Trio Los Angeles, que contagiou a todos com sua energia e simpatia.

ITAQUERENDO_FOLIA_016.jpg

Outra atração (acabou sendo), foi o serviço prestado pela BARONG, através de seu ambulatório móvel, que ofereceu gratuitamente a realização de testes de Hepatite B e C, além de HIV.

ITAQUERENDO_FOLIA_BARONG_01.JPG

Uma pena que a chuva atrapalhou a continuidade da festa, pois o show do DueRoma não aconteceu, entretanto tudo correu de forma satisfatória e ano que vem tem muito mais.

Veja a galeria

Itaquerendo tem Rei e Rainha da Folia da Terceira Idade!

O Carnaval de Rua de São Paulo tem crescido, atraindo públicos diversos, e com características próprias.

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação (Secretaria Municipal de Cultura), a folia começou, oficialmente, no dia 17 de fevereiro e vai até 5 de março em várias regiões da cidade. Serão 391 blocos em 2017 (28% a mais que em 2016).

Dentre esses blocos está o Itaquerendo Folia, da zona leste – Itaquera, que desfila pelo segundo ano na terça-feira de carnaval (28/02) prestando homenagem aos 35 anos de carreira do Trio Los Angeles e que, segundo seu Coordenador, o jornalista e carnavalesco J. Ivo Brasil, a partir desse ano a folia passa a ser também dos membros da terceira idade.

‘Em São Paulo, de acordo com informações do Fundo Estadual do Idoso, a população idosa, em 2014, já representava 12,9% de todos os habitantes do Estado (SP). E esse novo perfil populacional pede ações integradas para garantir o envelhecimento ativo do idoso e fortalecer sua importância na sociedade (ainda de acordo com o Fundo), justifica o coordenador.

Portanto, pensando em fortalecer a importância desse público para a sociedade, é que foi tomada a decisão de escolher um Rei e uma Rainha da Folia da Terceira Idade para o Bloco Itaquerendo Folia.

vera_mauro

Mauro Francisco, 65 anos, e Vera Lucia, 64 anos, casados, moradores da região de Itaquera, estão no mundo da folia (carnaval) há mais de 40 anos e são, hoje, vermelho e branco de coração (Escola de Samba Leandro de Itaquera).

O casal terá seu reinado sacramentado no dia do cortejo do bloco (28/02), onde receberão suas faixas e vão cair na folia, como no ano anterior.

flyer itaquerendo.jpg

Cadastramento de Blocos e Cordões Carnavalescos – 2015

O Carnaval de rua se mostrou uma potente força de folia neste ano de 2014; mobilizou (e agitou) multidões, movimentou o comércio e principalmente: atraiu um público novo, com sede de festa. Porém, o palco deste carnaval, a cidade de São Paulo, pecou um ponto quanto á infra estrutura e por este motivo a prefeitura passou a tomar medidas para tentar acomodar a todos de forma que a festa não acabe.

Com o objetivo maior de organizar o Carnaval de Rua de São Paulo a Prefeitura de São Paulo recebeu representantes de grupos carnavalescos para diálogos sobre a formatação de uma política pública para a celebração na cidade de São Paulo ao longo dos anos de 2013 e 2014.

Em setembro deste ano, foi realizado o 2º Seminário de Carnaval de Rua, que aconteceu no Centro Cultural São Paulo e trouxe experiências de vários locais do Brasil e do mundo, o que irá auxiliar a Prefeitura de São Paulo a aprimorar ainda mais a festa. Ainda neste ano, serão publicadas modificações ao decreto que regulamenta o Carnaval de Rua na cidade.

Agora, chegou a hora de iniciar uma nova etapa de organização do Carnaval de Rua! De 17 de outubro a 17 de novembro, a Prefeitura de São Paulo recebe, por meio deste formulário, o cadastramento de manifestações carnavalescas interessadas em receber apoio municipal na organização do seu Carnaval.

O cadastro é voluntário e gratuito. Os blocos que preencherem o formulário poderão ser incluídos no programa de benefícios, considerando as dimensões e a necessidades, a partir de uma análise global de todas as demandas. As Subprefeituras poderão acomodar, em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura, as demandas de cada bloco, conforme distribuição de público e características de cada local, bem como organizar a agenda do Carnaval de Rua, tendo em vista os locais e trajetos indicados.

O objetivo é planejar a oferta de serviços de infraestrutura e mobilidade como fechamento de vias e desvio do trânsito, disponibilidade de banheiros químicos, cadastramento de ambulantes, ambulâncias, serviços de limpeza das ruas etc., que farão parte de um caderno de contrapartidas para possíveis apoiadores do evento, a ser divulgado no final de outubro.

IMPORTANTE: As demandas cadastradas serão avaliadas e a possibilidade de atendimento será estudada após o término do cadastramento, quando serão compatibilizadas as demandas de cada bloco com a infraestrutura disponível.

Fonte: Secretaria Municipal da Cultura

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/noticias/?p=16442

Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo promove 2º Seminário de Carnaval de Rua

IIseminario de rua

Secretaria Municipal de Cultura promove 2º Seminário de Carnaval de Rua

Evento dá o pontapé inicial aos preparativos para o Carnaval de Rua de 2015. Diversos assuntos serão abordados ao longo de três dias de mesas temáticas: políticas públicas para o Carnaval, sua dimensão cultural, balanço do primeiro ano do evento com apoio da Prefeitura de São Paulo, entre outros

Os preparativos para o Carnaval de Rua de São Paulo já começaram. Na próxima semana, entre 2 e 4 de setembro, a Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo realiza o II Seminário de Carnaval de Rua. O evento será realizado no Centro Cultural São Paulo, na Rua Vergueiro, nº 1000, na Sala Jardel Filho.


+ Inscreva-se
+ Confira a programação completa

 

Em sua segunda edição, o evento reforça o caráter de fórum aberto para a construção compartilhada da política pública para o evento.

Nos três dias de seminário, a Secretaria de Cultura, coordenadora do Grupo de Trabalho Intersecretarial, media o diálogo entre blocos, associações de moradores, conselhos municipais de segurança, empresas e órgãos públicos. Além disso, recebe a apresentação de experiências e casos exemplares de gestão dos grandes carnavais de rua em outras cidades brasileiras, como São Luis do Paraitinga, no interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife e também do exterior, como Cherice Harrison, organizadora do renomado Mardi Gras, o carnaval de Nova Orleans, EUA, além de representantes de Barranquilla, na Colômbia e da ilha de Barbados, na América Central.

Por meio de palestras e mesas redondas serão discutidos temas como as dimensões culturais do evento, as relações da festa com a comunidade, territorialidade e gestão e os negócios do Carnaval. O Balanço do Carnaval de Rua de 2014 contará com a presença do prefeito Fernando Haddad, o Secretário Municipal da Cultura, Juca Ferreira, e o Secretário Municipal de Turismo do Rio de Janeiro, Antonio Pedro Viegas Figueira de Mello, entre outras autoridades do Carnaval brasileiro, e da área de turismo do país.

Fonte: 
%d blogueiros gostam disto: