Arquivos do Blog

#VOLTAQUERIDA……É ISSO PRODUÇÃO?!!!

A semana começa cheia e turbulenta no meio político, hoje, 09/5/16, o Presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, assinou uma decisão para anular o impeachment da presidente Dilma Rousseff,  o que surpreende todos os segmentos sociais, políticos, economicos….

Na ultima sexta-feira, dia 06/5/16, em encontro com parlamentares ele já havia afirmado: ‘Vocês vão se surpreender comigo’. Mas, ninguém no mundo esperava que fosse tanto e logo no inicio de seu mandato (interino).

'Não poderiam os senhores parlamentares, antes da conclusão da votação, terem anunciado publicamente os seus votos, na medida que isso caracteriza prejulgamento e clara ofensa ao amplo direito de defesa que está consagrado na Constituição. Do mesmo modo, não poderia a defesa da presidente ter deixado de falar por ultimo no momento d votação, como acabou ocorrendo.' Afirma Maranhão.

‘Não poderiam os senhores parlamentares, antes da conclusão da votação, terem anunciado publicamente os seus votos, na medida que isso caracteriza prejulgamento e clara ofensa ao amplo direito de defesa que está consagrado na Constituição. Do mesmo modo, não poderia a defesa da presidente ter deixado de falar por ultimo no momento da votação, como acabou ocorrendo.’ Afirma Maranhão.

Brasil vira negócio da China.

De intercâmbio de atletas a medidas climáticas, assim é o acordo assinado entre Brasil e China. Oito áreas abrangidas e aproximadamente US$ 53 bilhões serão investidos por aqui, nos 37 acordos fechados em várias áreas.

A presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. Foto: divulgação/internet

A presidente Dilma Rousseff e o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. Foto: divulgação/internet

Na agricultura e pecuária, a carne bovina produzida pelo Brasil e comprada pela China, está sujeita a um protocolo de requisito de saúde (vamos torcer “pra” vaca não ficar louca nas proximidades, já que em 2012, por causa de uma suspeita, no Panamá, essa compra foi suspensa uma vez… mas já foi retirado… dois anos depois).

Petrobrás (mesmo com todos os escândalos) conseguiu participação de US$ 7 bilhões para financiamento de projetos.

Transporte não ficou de fora do acordo. Os estudos de viabilidade de uma ferrovia que liga o litoral do Brasil ao Peru estão em entendimento: Projeto Ferroviário Transcontinental (o que já começa a causar controvérsias… mas se for passar pela Amazônia, será que vocês podem incluir a conclusão de muitas estradas que tem por lá em péssimo estado?).

RTEmagicC_Ferrovia-transcontinental-amazonia-polemica.jpg

A lista é longa (navios, aeronaves, linhas aéreas, ações, telecomunicações, TI – Projeto Free Wi-fi 4G, Projeto Tech City, meio ambiente – Amazônia Legal, produção conjunta de satélites, oferta de treinamento em tecnologia da informação a bolsistas do programa Ciências sem Fronteiras, esportes – cooperação esportiva nas modalidades de tênis de mesa e badminton, colheita…) e por ai vai.

Realmente o Brasil, assim como o Peru, e até outros países, precisam dessa injeção de “ânimo” (precisa, também, sair um pouco de baixo da “asa dos Estados Unidos”), entretanto é preciso ficar de olho na forma como tudo isso vai ser administrado, pois as “raposas” estarão de olho nos ovos de ouro do dragão (virou trava-línguas).

Fontes:

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/05/150520_china_visita_america_latina_rb

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/05/veja-os-setores-atingidos-pelos-35-acordos-assinados-por-brasil-e-china.html

%d blogueiros gostam disto: