Arquivo da categoria: CARNAVAL

Carnaval de São Paulo – UESP e LIGA com dias de desfiles definidos

Ordem dos desfiles - LIGA - SP

Ordem dos desfiles – LIGA – SP

grupo1uesp2016-cdlicarnaval

grupo2uesp2016-cdlicarnaval

grupo3uesp2016-cdlicarnaval

grupo4uesp2016-cdlicarnaval

grupodeblocosespeciaisuesp2016-cdlicarnaval

Cadete “novo” carnavalesco da Leandro!

 “A escola foi fundada por negros, então queremos preservar a tradição do carnaval com esse tema. A palavra-chave é resistência negra, desde a escravidão até hoje”, disse o carnavalesco Rodrigo Cadete.

Este discurso do Carnavalesco em 2013, quando conseguiu levar a escola Leandro de Itaquera para o Grupo Especial (nesse ano a escola ficou em segundo lugar com 269,2 pontos) parece bem atual.

Mas não é bem assim. O fato é que muitas águas rolaram desde sua saída: outro carnavalesco entrou em seu lugar, a escola perdeu o lugar entre as “tops”, voltou para o grupo de acesso e eis que agora, em 2015, visando o carnaval de 2016, o “filho pródigo” retorna.

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Foto:arquivo pessoal/divulgação

Retorna para defender o enredo: Mulheres Guerreiras. Rainhas de todos nós! Êh Baiana, com sua benção a Leandro conta sua história e celebra o centenário do Samba. 

E nós fomos lá “dá uma rapidinha” com o moço pra saber das novidades.

BCB – O que te motivou a voltar pra Leandro de Itaquera?

RC – Na Leandro fiz amigos e sai pela porta da frente e com isso construí pela escola uma grande afetividade. Até recebi proposta de outra escola do grupo, mas, o carinho pela comunidade de Itaquera falou mais alto.

BCB – Quais suas expectativas com relação a esse novo trabalho?

RC – Os melhores possíveis! Jamais entro num jogo pra marcar tabela. A expectativa é retornar ao grupo especial

BCB – Os desafios com relação ao novo enredo. Quais deles devem ser superados?

RC – Quanto ao enredo nenhum. O enredo é a cara da escola, tem total aceitação e apoio da comunidade e isso se faz muito importante.

BCB – O que está faltando no carnaval em geral, principalmente com relação ao grupo de acesso. Quais as maiores dificuldades encontradas hoje?

RC – As dificuldades no carnaval de São Paulo, de modo geral, é a estrutura oferecida. É exigido um grande espetáculo, mas, não é dada a estrutura devida.  Isso no acesso agrava até porque está cada vez mais competitivo, com grandes agremiações brigando pelo mesmo espaço.

BCB – Cadete por Cadete

RC – Aquele que mesmo com todas as dificuldades e transformações do carnaval ainda acredita na sua real essência e que continua na luta dessas tradições

Essa foi uma “rapidinha” bem comportada, entretanto, cá com meus “botões” fico a conjecturar mentalmente.

 1 – Tem gente que ainda pensa que ele não saiu pela porta da frente (azar de quem pensa assim, o fato é que ele voltou).

2 – É lógico que a expectativa é voltar para o Grupo Especial, afinal de contas quando ele “saiu” da escola ela estava lá, ou seja, ele deixou, ela lá.

3 – Desafios quanto ao enredo, é provável que não, mas… passarinho que come pedra…..

4 – Na boa, as dificuldades com relação ao Carnaval só têm aumentado… mesmo porque tem muita gente “graúda” torcendo, há anos, que ele acabe logo (….eu quero é botar meu bloco na rua….)

5 – Eu, por enquanto, também continuo acreditando nisso (os Dom Quixotes da folia).

Carnaval do Brasil para o mundo. Nosso país conquista 2º lugar em festival internacional de Carnaval.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Ao longo de sua história, até o dia de hoje, Seychelles é tida como um caldeirão de povos dos quatro cantos da terra, o que têm resultado numa sociedade vibrante e rica culturalmente. Portanto, dentro deste contexto “multicultural”, diversidade e união dos povos, é mais que apropriado à realização do ‘Carnaval de Carnivals – The Carnival International de Victoria, festival anual que une os representantes dos melhores carnavais do mundo.

Assim foi a 5ª edição do Seychelles Carnaval Internacional de Victoria, realizado entre os dias 24 e 26 de abril, e o Brasil conquistou o 2° lugar entre 29 países que desfilaram durante o festival de 2015.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

“O Brasil é um país muito popular em Seychelles, principalmente pelo esporte. Cerca de 75% da população ama futebol desde os tempos do Pelé. Em relação ao carnaval, o Brasil é mundialmente conhecido como o mais animado. Quando estávamos planejando o carnaval em Seychelles pela primeira vez em 2011, foi acordado que o Brasil teria que participar todos os anos, pois assim conseguiríamos manter uma conexão entre os povos e os países. Espera-se que desta forma, os brasileiros conheçam mais o destino”, afirmou David Germain, diretor do Seychelles Tourism Board.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Leandro de Itaquera lança enredo 2016

Foto: divulgação

Foto: divulgação

Mulheres guerreiras. Rainhas de todos nós! Êh Baiana, com sua benção a Leandro conta sua história e celebra o centenário do samba é mais um enredo afro a se apresentar na passarela do samba?

Eu diria que inicialmente sim, mas a proposta que vi ser anunciada, na quinta, 07/05/2015, foi além da ideia comum inerente aos enredos que bebem nessa seara, pois o mesmo passa por “transformações” durante seu desenvolvimento.

O enredo é pretencioso, bonito, cheio de nuances e que, com certeza, irá exigir muito trabalho e atenção de toda comunidade envolvida no desenvolvimento do mesmo, mas que no “frigir dos miolos” pode fazer a escola voltar ao grupo especial (como foi com o carnaval de 2013).

Falando em carnaval 2013, com o pé em 2016, quem volta à escola de samba, para assumir este novo desafio, é o Carnavalesco Rodrigo Cadete, responsável pelo desenvolvimento do enredo proposto por Fábio Flisch que afirma: “Este é meu primeiro enredo e fico muito feliz em ver que um grande profissional, como o Cadete, é o responsável pelo desenvolvimento geral dele, junto com o Thiago Morganti (autor do enredo) e Yuri Aguiar (desenhista da escola)”.

Fábio Flisch, Rodrigo Cadete, aocentro, e Graziela Pinheiros, Diretora de Marketing da Abyara e que assume o Departamento de Marketing da Leandro de Itaquera. Foto: Nelsinho Fernandes.

Fábio Flisch, Rodrigo Cadete, ao centro, e Graziela Pinheiros, Diretora de Marketing da Abyara e que agora assume o Departamento de Marketing da Leandro de Itaquera. Foto: Nelsinho Fernandes.

Além do enredo a escola aproveitou o ensejo e apresentou à comunidade seu novo intérprete, Vinicius Machado, que teve passagem pela Grande Rio e a coreógrafa Priscila Oliver.

Rodrigo Cadete, o presidente da escola Leandro Martins, de chapéu preto, Priscila Oliver, coreógrafa, Vinicius Machado, intérprete, Paulão, Dir. Harmonia, Gemilson e Davi, diretor da ala das Baianas. Foto: Nelsinho Fernandes

Rodrigo Cadete, o presidente da escola Leandro Martins, de chapéu preto, Priscila Oliver, coreógrafa, Vinicius Machado, intérprete, Paulão, Dir. Harmonia, Gemilson e Davi, diretor da ala das Baianas. Foto: Nelsinho Fernandes

Além da comunidade vermelho e branco quem marcou presença no local foi o subprefeito de Itaquera, Mauricio Luis Martins que além de prestigiar o evento foi reforçar seu empenho e parceria na obtenção do espaço para construção da nova quadra da escola (mas esse é um assunto que irá render uma matéria à parte).

Como eu disse anteriormente “a fila anda” e o negócio agora é superar obstáculos, esquecer o que foi perdido, como os carros queimados, correr atrás de soluções, acreditar e investir nas possibilidades. Acreditar e investir nas novas propostas e seguir adiante sempre.

Por falar em novas propostas, a escola aproveitou também o momento para apresentar, à comunidade presente, dois de seus desenhos que já estão em fase de confecção….como eu disse: “a fila anda!!”

Ala das Baianas. Foto: divulgação.

Ala das Baianas. Foto: divulgação.

Bateria. Foto: divulgação.

Bateria. Foto: divulgação.

Leandro de Itaquera anuncia novidades para 2016

Como diz o ditado popular: “a fila anda”. E isto é válido para todas as situações, a dança das cadeiras dentro do universo do carnaval tem rotatividade comum e inerente a qualquer setor.

Desta feita, agora é a hora da Escola de Samba Leandro de Itaquera, “matar” a curiosidade geral em torno de seu novo quadro para o Carnaval de 2016 (lembrando que: Juninho Branco deixou o lugar de Intérprete, Kelson Barros deixou o lugar de coreógrafo, Marco Aurélio Ruffim deixou a vaga de carnavalesco….)

Quem serão os novos candidatos?

Um “passarinho” gorjeou que o intérprete é carioca, carnavalesco e coreógrafa de São Paulo. Outro “passarinho” gorjeou que teremos também um novo 1º Casal de MS e PB.

Será? Vamos aguardar então.

O fato é: depois de “Invencível” a comunidade precisa sentar, ver os acertos, os erros, arregaçar as mangas, arrumar a casa e partir pra luta.

Sucessos e vitórias ao Presidente Leandro, a Vice Karin e toda comunidade vermelha e branca.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

OLHA A TATUAPÉ AÍ GENTE!

Quinta feira, 23/10/2015, a quadra da Escola de Samba Tatuapé ficou pequena para receber a comunidade que compareceu em peso a tradicional Feijoada em homenagem ao santo padroeiro da agremiação, São Jorge.

Mas desta vez, a feijoada, que já estava deliciosa, teve um tempero adicional, pois nesse mesmo dia foi anunciado o enredo para 2016.

É ela, a Deusa da Passarela. Olha a Beija-Flor aí gente!

A homenageada nada mais é que a Escola de Samba Beija-Flor, 13 vezes campeã do Grupo Especial do Carnaval Carioca, a maior campeã da era do sambódromo, e 12 vezes vice-campeã.

Entretanto, as novidades IMG_20150424_240250188não pararam por ai. Nesta mesma noite também foi anunciado o novo intérprete da escola Celso Mody, que depois de 10 anos volta a defender a agremiação em 2016.

Em conversa informal com o Carnavalesco Mauro Xuxa e o Presidente da agremiação, Eduardo dos Santos, ficamos sabendo que outros enredos foram cogitados, até com patrocínio, mas na hora “H” prevaleceu a merecida homenagem à grande campeã Beija- Flor.

“Nossas expectativas são as melhores possíveis com relação a 2016. Temos o apoio da homenageada e de nossa comunidade que nos surpreendeu ao comparecer em grande numero a reunião de organização da festa, quebrando assim a falsa impressão de que eles estariam frios por causa de nossa colocação em 2015. Foi aí que decidimos lançar o enredo também, pois até então seria só a feijoada, surpresa geral, mas o fato é: vamos trabalhar muito para enaltecer as grandes virtudes e legado dessa grande escola”. Diz Mauro Xuxa, feliz da vida (e com razão).

Já o presidente Eduardo nos revela sua felicidade com relação a comunidade pelo fato deles abraçarem a ideia, vibrarem e mostrarem mais uma vez que a união pode fazer muito.IMG_20150424_012542561

“Independente dos resultados, em nossa primeira reunião, logo após o carnaval, o que mais ficou evidente, independente de resultados, foi a vontade de começar logo a se movimentar. Temos a convicção de que fizemos um grande desfile e permanecemos no grupo. Errar é humano, tanto pra gente como para os jurados. Não queremos focar nos erros do passado, queremos começar a confeccionar nosso carnaval e continuar nossa luta. Mesmo porque a Beija-Flor tá muito feliz com a homenagem e queremos muito, um dia, chegar ao patamar deles. Este intercâmbio é primordial para aprendizado e nossa intenção é buscar estes exemplos de lutas e vitórias. Além da homenagem, mas que justa, queremos que nossa homenageada se sinta orgulhosa e que isso sirva de pretexto para uma maior aproximação entre os pavilhões, e queremos aprender, pois Beija-Flor é fonte de inspiração pra nossa agremiação”. Finaliza o presidente entre uma garfada e outra da deliciosa “feijuca” (parabéns às meninas da ala das baianas e equipe, que colocaram sua magia na comida).

Um fato: a noite foi excIMG-20150423-WA0050elente, com visitas ilustres, a comida ótima e acima de tudo a energia positiva das pessoas com quem conversamos. A vontade de começar, de virar a página e contar uma nova história.

Quero aproveitar e agradecer ao vice Erivelto Gonçalves, a Rosangela da Rocha, Simone Tomaz, harmonias, destaIMG-20150423-WA0068ques….enfim, TODA galera que nos recebe de braços abertos. Obrigado pelo carinho e consideração de vocês.

Em tempo: as irreverentes drags Dindry Buck e Andy D´Luky, compareceram ao evento para levar mais brilho, cor e alegria à comunidade.

Obrigado Mary, Lucio, Diego…pelo apoio na hora de pegar uns cliques.

Cadastramento de Blocos e Cordões Carnavalescos – 2015

O Carnaval de rua se mostrou uma potente força de folia neste ano de 2014; mobilizou (e agitou) multidões, movimentou o comércio e principalmente: atraiu um público novo, com sede de festa. Porém, o palco deste carnaval, a cidade de São Paulo, pecou um ponto quanto á infra estrutura e por este motivo a prefeitura passou a tomar medidas para tentar acomodar a todos de forma que a festa não acabe.

Com o objetivo maior de organizar o Carnaval de Rua de São Paulo a Prefeitura de São Paulo recebeu representantes de grupos carnavalescos para diálogos sobre a formatação de uma política pública para a celebração na cidade de São Paulo ao longo dos anos de 2013 e 2014.

Em setembro deste ano, foi realizado o 2º Seminário de Carnaval de Rua, que aconteceu no Centro Cultural São Paulo e trouxe experiências de vários locais do Brasil e do mundo, o que irá auxiliar a Prefeitura de São Paulo a aprimorar ainda mais a festa. Ainda neste ano, serão publicadas modificações ao decreto que regulamenta o Carnaval de Rua na cidade.

Agora, chegou a hora de iniciar uma nova etapa de organização do Carnaval de Rua! De 17 de outubro a 17 de novembro, a Prefeitura de São Paulo recebe, por meio deste formulário, o cadastramento de manifestações carnavalescas interessadas em receber apoio municipal na organização do seu Carnaval.

O cadastro é voluntário e gratuito. Os blocos que preencherem o formulário poderão ser incluídos no programa de benefícios, considerando as dimensões e a necessidades, a partir de uma análise global de todas as demandas. As Subprefeituras poderão acomodar, em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura, as demandas de cada bloco, conforme distribuição de público e características de cada local, bem como organizar a agenda do Carnaval de Rua, tendo em vista os locais e trajetos indicados.

O objetivo é planejar a oferta de serviços de infraestrutura e mobilidade como fechamento de vias e desvio do trânsito, disponibilidade de banheiros químicos, cadastramento de ambulantes, ambulâncias, serviços de limpeza das ruas etc., que farão parte de um caderno de contrapartidas para possíveis apoiadores do evento, a ser divulgado no final de outubro.

IMPORTANTE: As demandas cadastradas serão avaliadas e a possibilidade de atendimento será estudada após o término do cadastramento, quando serão compatibilizadas as demandas de cada bloco com a infraestrutura disponível.

Fonte: Secretaria Municipal da Cultura

http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/cultura/noticias/?p=16442

Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo promove 2º Seminário de Carnaval de Rua

IIseminario de rua

Secretaria Municipal de Cultura promove 2º Seminário de Carnaval de Rua

Evento dá o pontapé inicial aos preparativos para o Carnaval de Rua de 2015. Diversos assuntos serão abordados ao longo de três dias de mesas temáticas: políticas públicas para o Carnaval, sua dimensão cultural, balanço do primeiro ano do evento com apoio da Prefeitura de São Paulo, entre outros

Os preparativos para o Carnaval de Rua de São Paulo já começaram. Na próxima semana, entre 2 e 4 de setembro, a Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura de São Paulo realiza o II Seminário de Carnaval de Rua. O evento será realizado no Centro Cultural São Paulo, na Rua Vergueiro, nº 1000, na Sala Jardel Filho.


+ Inscreva-se
+ Confira a programação completa

 

Em sua segunda edição, o evento reforça o caráter de fórum aberto para a construção compartilhada da política pública para o evento.

Nos três dias de seminário, a Secretaria de Cultura, coordenadora do Grupo de Trabalho Intersecretarial, media o diálogo entre blocos, associações de moradores, conselhos municipais de segurança, empresas e órgãos públicos. Além disso, recebe a apresentação de experiências e casos exemplares de gestão dos grandes carnavais de rua em outras cidades brasileiras, como São Luis do Paraitinga, no interior de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Recife e também do exterior, como Cherice Harrison, organizadora do renomado Mardi Gras, o carnaval de Nova Orleans, EUA, além de representantes de Barranquilla, na Colômbia e da ilha de Barbados, na América Central.

Por meio de palestras e mesas redondas serão discutidos temas como as dimensões culturais do evento, as relações da festa com a comunidade, territorialidade e gestão e os negócios do Carnaval. O Balanço do Carnaval de Rua de 2014 contará com a presença do prefeito Fernando Haddad, o Secretário Municipal da Cultura, Juca Ferreira, e o Secretário Municipal de Turismo do Rio de Janeiro, Antonio Pedro Viegas Figueira de Mello, entre outras autoridades do Carnaval brasileiro, e da área de turismo do país.

Fonte: 

LOGOMARCA BOÊMIOS CARNAVAL 2015

Prestes a completar seus 25 anos a Escola de Samba Boêmios da Vila lança sua logomarca para o carnaval 2015.
A logomarca, concebida pelo carnavalesco J. Ivo Brasil e desenvolvida pelo artista plástico G. Correia, traz os  elementos que foram essenciais ao desenvolvimento do enredo Batam Palmas Que O Cortejo Vai Passar e que de agora em diante será o cartão de visita da escola para 2015
logo_boemios_2015-reduzido

UNIÃO UESP DEFINE SORTEIO DE SUAS AFILIADAS.

flyeruesp

 

Aconteceu, ontem, no Teatro Elis Regina o sorteio da ordem dos desfiles das escolas da União Uesp e vale a pena ficar por dentro desses dias e horários pois as opções de diversão, no período da folia de momo, são muitas e com custos bem baixos pra quem gosta de carnaval.

 

**Confira a ordem dos desfiles para o Carnaval de 2015 da “Matriz do Samba”

 

GRUPO 1 – Local: Sambódromo do Anhembi – Data: 16 de fevereiro (segunda-feira)

1 – 20h – Combinados de Sapopemba

2 – 20h50 – Amizade Zona Leste

3 – 21h40 – Mocidade Unida da Mooca

4 – 22h30 – Unidos de Santa Bárbara

5 – 23h20 – Unidos de São Lucas

6 – 0h10 – Estrela do Terceiro Milênio

7 – 1h – Torcida Jovem

8 – 1h50 – Uirapuru da Mooca

9 – 2h40 – Camisa 12

10 – 3h30 – Prova de Fogo

11 – 4h20 – Dom Bosco

12 – 5h10 – Barroca Zona Sul

 

GRUPO 2 – Local: Butantã – Data: 15 e 16 de fevereiro

Domingo (15 de fevereiro)

1 – 21h – Acadêmicos de São Jorge

2 – 21h40 – Império Lapeano

3 – 22h20 – União Imperial

4 – 23h – Príncipe Negro

5 – 23h40 – Flor de Vila Dalila

6 – 0h20 – Unidos de Guaianases

 

Segunda-feira (16 de fevereiro)

1 – 21h  – Iracema Meu Grande Amor

2 – 21h40 – União Independente da Zona Sul

3 – 22h20 – Tradição Albertinense

4 – 23h – Vale Encantado

5 – 23h40 – Unidos de São Miguel

6 – 0h20 – Acadêmicos do Ipiranga

7 – 1h – Flor de Liz

 

GRUPO 3 – Local: Vila Esperança – Data: 15 e 16 de fevereiro

Domingo (15 de fevereiro)

1 – 21h20 – Imperatriz da Sul-

2 – 22h – TUP

3 – 22h40 – Boêmios da Vila

4 – 23h20 – Brinco da Marquesa

5 – 0h – Valença Perus

6 – 0h40 – Mocidade Rubroense

 

Segunda-feira (16 de fevereiro)

1 – 21h20 – Só vou se você for

2 – 22h – Dragões de Vila Alpina

3 – 22h40 – União da Vila Albertina

4 – 23h20 – Imperatriz da Paulicéia

5 – 0h – Estação Invernada

6 – 0h40 – Folha Verde

 

GRUPO 4 – Local: Vila Esperança – Data: 14 de fevereiro (sábado)

1 – 21h20 – Os Bambas

2 – 22h – Primeira da Aclimação

3 – 22h40 – Lavapés

4 – 23h20 – Explosão da Zona Norte

5 – 0h – Em Cima da Hora Paulistana

6 – 0h40 – Portela Zona Sul

7 – 1h20 – Passo de Ouro

 

BLOCOS ESPECIAIS – Local: Parque da Luz – Data: 15 e 16 de fevereiro

Domingo (15 de fevereiro)

1 – Inajar de Sousa

2 – Mocidade Amazonense

3 – Vovô Bolão

4 – Pavilhão Nove

5 – Caprichosos da Zona Sul

6 – Chorões da Tia Gê

7 – Mocidade Independente da Zona Norte

 

Segunda-feira (16 de fevereiro)

1 – Unidos do Guaraú

2 – Kacike da Vila

3 – União da Trindade

4 – Não Empurra Que é Pior

5- Unidos do Pé Grande

6- Garotos da Vila Santa Maria

7- Caprichosos do Piqueri

 

 

**Fonte: http://www.sidneyrezende.com/noticia/233260+carnaval+2015+veja+a+ordem+dos+desfiles+da+uesp

 

%d blogueiros gostam disto: